Em 19 de junho de 2010, nascia o Celeiro Restaurante, resultado do sonho de um jovem casal paulistano. Sonho de uma vida melhor e mais vivida, mais perto da natureza e mais longe da correria das grandes cidades. Sonho de trabalhar pra viver, e não o contrário.

A Demétria, bairro rural de Botucatu, fundado em meados dos anos setenta, por gente que, naquela época, já visualizava e ansiava por um futuro mais sustentável, foi a escolha óbvia para a mudança. Daí a montar o restaurante foi um processo natural, quase inevitável. Na cabeça da proprietária e Chef, Joana , receitas, quitutes e pratos começavam a tomar forma, sempre levando em conta as características do bairro e de sua fundação em bases sustentáveis. Tentando sempre estimular a produção artesanal e local, a agricultura orgânica, e, privilegiando ingredientes de proveniência conhecida e confiável.

Da parte do marido, e também proprietário, Porkão, veio o intenso ímpeto pelas realizações, a paixão por idealizar e concretizar projetos. Herança de mais de 20 anos fazendo Cinema, fosse produzindo, dirigindo, ou na direção de arte. Alie-se a isso, a paixão pela Cultura Latino-americana e pelo bom e velho churrasco, e então podemos entender o Celeiro, no qual não poderia faltar a legítima Parrilla, mãe e pai das boas conversas, filha do fogo e orgulho de tantos Assadores…
O que começou como um sonho, germinou, cresceu, e hoje é mais do que realidade, é uma realização. Hoje o Celeiro é referência, não só em Botucatu, mas em toda região, de ótima gastronomia, cultura, música e bons amigos, algo que gostamos de classificar como Altíssima Botequinagem.

Se você é de Botucatu ou da região, certamente sabe do que estamos falando. Se ainda não sabe, fica aberto o convite. Há cinco anos o Celeiro germinou, cresceu e virou realidade, mas ainda segue mudando e melhorando, e pra isso, o Celeiro se alimenta principalmente, de estórias, amizades e pessoas. Continuamos sonhando alto !